Beyoncé reina após quebrar recordes do Grammy

Beyoncé chegou ao Grammy nesse domingo (14) com nove indicações, o maior número de qualquer artista da noite. E que noite foi para ela.

No fim, a artista quebrou o recorde de mais Grammys ganhos por uma mulher e qualquer cantor, homem ou mulher, com 28 prêmios – também empatando com o empresário musical Quincy Jones como a pessoa viva com mais Grammys.

Queen B ultrapassou a cantora de bluegrass country Alison Krauss, que anteriormente detinha o recorde feminino com 27 Grammys.

A sequência de vitórias começou antes da cerimônia televisionada, quando Beyoncé e a filha de 9 anos, Blue Ivy Carter, ganharam o prêmio de melhor videoclipe pelo single “Brown Skin Girl”.

Beyoncé e Megan Thee Stallion também fizeram história como a primeira dupla de mulheres a ganhar o melhor desempenho de rap com o remix de “Savage” de Megan Thee Stallion. A dupla ganhou o prêmio de melhor rap para a mesma música.

Mas foi a vitória de melhor desempenho em R&B por “Black Parade” que colocou Bey no topo.
A artista disse ter ficado impressionada por quebrar o recorde.

“Tenho trabalhado a vida toda, desde os 9 anos, e não posso acreditar que isso aconteceu”, disse ela.

A transmissão do Grammy incluiu uma breve saudação ao inovador álbum visual de Beyoncé, “Black Is King”.

Créditos: CNN Brasil